Abordagem Sistemática

Empresas mais inovadoras no mundo Gazzconecta
Nenhuma ferramenta ou método único de inovação proporcionará avanços
consistentes e lucrativos para você criar uma empresa inovadora, nem uma
mistura de práticas desalinhadas ou mal integradas. É preciso uma abordagem
sistemática para construir uma capacidade sistêmica – seja a proeza logística da
Amazon ou o serviço quase impecável que você recebe como hóspede em um
hotel Four Seasons. Assim é com a inovação. Habilidades, ferramentas,
métricas, processos, plataformas, incentivos, funções e valores, todos precisam
se unir em uma máquina de inovação superalimentada, com tração nas quatro
rodas e vencedora de corridas.
Então, quais são as partes do mecanismo de empresas inovadoras que mais
frequentemente são deixadas de fora?
Funcionários que foram ensinados a pensar como inovadores – Estamos um
pouco perplexos com o fato de tão poucas empresas terem investido
sistematicamente na melhoria das habilidades de inovação de seus
funcionários. A explicação menos caridosa para esse descuido é que, apesar
das evidências em contrário, muitos gerentes seniores ainda supõem que
algumas almas geneticamente abençoadas são criativas por natureza, enquanto
o resto não consegue apresentar nada mais empolgante do que sugestões para
o menu do refeitório.
Entendemos como um CEO pode chegar a tal conclusão. Todos os dias,
executivos seniores são bombardeados com ideias – e a maioria delas é
lamentavelmente subdesenvolvida ou completamente maluca. Depois de um
tempo, é fácil acreditar que todas essas ideias idiotas devem vir de idiotas, e não
de indivíduos que não foram treinados ou não tiveram oportunidades de praticar
o pensamento inovador e que trabalham dentro de um sistema que não foi
devidamente concebido para promovê-lo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.